Notícias Esportes Diversão Articulistas História Literatura Links Jurídicos Orgãos Públicos Revistas
Página Inicial Email Pesquisa
Aracaju -
Página Inicial
1- Os pais. Sou filho do Funcionário Público Federal Alípio Messias de Araujo,  falecido aos 85 anos de idade, e de Djanira de Moura, cuja morte precoce, aos 48 anos de idade, quando eu tinha 12 anos, marcou sensivelmente a minha  vida e minhas lembranças. Tenho o meu pai na conta de um herói, um lutador, um pioneiro.  Pai de 10 filhos, merece como tributo o reconhecimento à sua luta para proporcionar a todos a oportunidade dos estudos, tendo todos concluído cursos superiores.  A personalidade forte,  a firmeza de caráter , a honradez e a dedicação ao trabalho  foram os bens que nos legou como herança.

2-      
De minha mãe  guardo a lembrança de uma mulher forte, batalhadora. Sua dedicação aos filhos era extrema, tendo feito de tudo para nos proporcionar a oportunidade de mudar para Aracaju e podermos ter melhores condição de estudos. Herdei dela a fé  em  acreditar que, lutando, sonhos podem virar realidade.

3-      
Minhas filhas :      Vivien, Yasmin e Thuany, são minhas  filhas queridas. É delas a responsabilidade  por ter despertado em mim  a consciência de que  nenhum sacrifício vale o preço de não poder  desfrutar  o acompanhamento do crescimento dos filhos e de sua educação. Ao amor que me devotam e que é correspondido, soma-se hoje o carinho e os cuidados que me são dedicados por Rosane Rezende.


As Professoras

São sempre vivas as lembranças das professoras do primário, a primeira, D. Mariete  Ávila que fazia da Escola Rural de Pedrinhas um segundo lar dos alunos, sinônimo de dedicação e  competência, transformando-se em uma segunda mãe, apaixonada por todos e jamais esquecida por nenhum; D. Maria Rodrigues, conhecida como D. Maricas, dura, inflexível no cumprimento do seu dever de educadora. Moleque que não quisesse estudar em outra escola, que estivesse dando trabalho aos pais, tinha destino certo: “Vc. vai estudar com Maricas”. E haja medo.  E finalmente,  a professora Maria Célia Santos Santana,  do Grupo Escolar Oscar Nascimento, localizado no Bairro Santo Antonio, em Aracaju, que se preocupava com seus alunos  mesmo depois de concluírem o curso, torcendo por  cada um e sendo também conquistadora de cada  nova conquista  de todos.

O Ginásio

Curso técnico

Teatro, Cinema, Canto Coral

Curso Superior

Uma das minhas maiores vitórias foi a aprovação no vestibular na UFS, no curso de Direito. 

Cargos Públicos;

Ingresso no Ministério Público

O Tribunal do Júri


A Curadoria do Controle Externo da Atividade Policial